terça-feira, 15 de setembro de 2015

Teorias de uma crise



Conforme temos constatado nos diversos  relatos de pessoas que se encontram no exterior, e também pela cobertura da imprensa mundial digna de crédito, o Brasil não está em crise, mas  sim o mundo. 

Continuamos fortes e firmes como a 7a. economia do mundo, e, embora alguns falem que somos a 8a.,  não encontramos notícia que relata este rebaixamento.

Antes o que podemos observar é o desespero da oposição em querer a todo custo derrubar Dilma Rousseff. O editorial da Folha comprovou que chegou o momento de dar um basta, ou seja, parar de fingir crise. 

É o momento das empresas voltarem a contratar, produzir e assim aumentar o PIB e para que isso ocorra, não depende só de Dilma e isso vocês vão entender abaixo como deverá ocorrer e o porquê. 

Só os bancos lucraram horrores no primeiro semestre, como lucrar tanto se não há dinheiro? As pessoas assustadas com as invenções da mídia, com os empresários que estão manipulando a crise  e segurando investimentos acabaram forçando uma situação que é a que vemos: ninguém “guarda dinheiro debaixo do colchão” mais.

Quando perdeu a eleição, Aécio afirmou: "Não se preocupem porque eu derrubo ela em um ano." 

Naquela ocasião, Aécio tinha a mídia totalmente a seu favor. Durante a campanha eleitoral das últimas eleições, ele foi blindado até o último instante: no primeiro turno sendo colocado para escanteio nas pesquisas e colocando Marina Silva em sua frente, pois todos conhecem a força da militância petista e queriam tirar Aécio de seu foco. 

No segundo turno as emissoras trabalharam em conjunto para derrubar Dilma, basta procurar os vídeos que temos por aí e o midiômetro criado na época. Aécio tem grande parte do empresariado e elite ao seu lado, basta ver os gastos com bonecos, marchas, camisetas e doações que os grupos de impeachment possuem. 

Só não contavam com esse revés: a LavaJato chegou "novamente" em Aécio, e em companhia de Aloysio Nunes e Serra. 

Agora não dá mais para segurar essa “blindagem”. 

Empresário da Andrade Gutierrez delatou o trio e tudo foi amplamente divulgado na imprensa alternativa através de Claudio Humberto do Diário do Poder. Contudo, até agora nada saiu na imprensa maior. 

Agora é tudo ou nada: precisamos produzir. São quase 11 meses sem produzir, sem lucrar, bancando marchas de impeachment e sem sucesso e todos já perceberam. 

O prazo do Aécio está acabando e a blindagem está pra lá de desgastada.


4 comentários:

  1. Penso que o processo é bem grave e que os grupos de esquerda do país precisam se organizar melhor e principalmente unificar a luta nesse momento.Porque o que está em jogo é uma ação política EXTERNA, MANIPULANDO a direita brasileira. O maior interesse em ver o país em crise, a Petrobrás desorganizada e de preferência falida(para poder ser leiloada mais facilmente), a força do mercosul se desmanchando, é do grande capital internacional que não aceita a caminhada que tanto o Brasil como outros países da América Latina se erguendo para uma autonomia que vai deixar esses sanguessugas de calças curtas,sem o seu QUINTAL.Vejam só o que estão fazendo com a Grécia. É a versão europeia do mesmo jogo. Arrasar quem tenta se colocar verdadeiramente independente.
    Isso é gravíssimo e os movimentos esquerdistas precisam estudar esse fenômeno melhor, e se municiar da melhor arma contra o monstro:a informação e a sua divulgação a toda a nação brasileira.

    ResponderExcluir
  2. O que eles mais temem é que o MEDO acabe.Pregam o medo e o desespero a todo momento.Nossos governantes precisam tomar atitudes mais corajosas e não ficar perdendo tempo em ficar dando respostas aos ataques dessa elite farisaica, que quer , a qualquer custo tomar de assalto o País ! Esses Empresários safados fizeram bons estoques nos governos passados e nesse mandato estão simulando crises para , em nome dela, conseguir seus objetivos e enriquecerem mais !

    ResponderExcluir
  3. meu comentário vai restringir-se ao terceiro parágrafo: não dá comentar um texto de um camarada que diz ser fictícia a crise. fala sério... !!!

    ResponderExcluir